Representação Paulista da ABP

Equipe Paulista da ABP Gestão 2017

Equipe Paulista (Gestão 2017/19) da Associação Brasileira de Psicomotricidade - Capítulo São Paulo

A história da Psicomotricidade em São Paulo começou na década de 50, quando o Dr. Haim Grunspun, médico psiquiatria, discorria a respeito do desenvolvimento da motricidade tônica, perturbações do esquema corporal, da tonicidade e do equilíbrio, classificando como Distúrbios da Psicomotricidade, além da importância do diagnóstico precoce e de uma intervenção com exercícios psicomotores.

Em sua obra "Distúrbios Neuróticos da Criança" ele descreve que além dos distúrbios da psicomotricidade, há indicação desta terapêutica para diferentes casos de distúrbios de linguagem para dificuldades especificas de leitura, escrita, para distúrbios de atenção e para alguns casos de psicoses.

No mesmo período, também em São Paulo, o Dr. Antonio Frederico Branco Lefèvre, médico neurologista, promoveu um programa de investigação dos padrões etários do desenvolvimento e consequente perfil neurológico do desenvolvimento, oferecendo-nos, posteriormente, a padronização do exame neurológico do recém-nascido e o exame evolutivo da criança, o que nos permite caracterizá-la dentro de cada idade e estabelecer um padrão de "normalidade", dando continuidade aos estudos de Dupré (1925), sobre a debilité motrice (debilidade motora).

Na década de 70 começam as formações com cunho terapêutico em Psicomotricidade no ISPE/GAE e no Sedes Sapientiae (exclusivo para médicos e psicólogos). Em 2002 cresceu muito o número de lançamentos de cursos de pós-graduação lato sensu, inclusive em Psicomotricidade. Em levantamento realizado em 2014, 28% dos curso de especialização em Psicomotricidade no Brasil são oferecidos em São Paulo.

Em 1995 formou-se um capítulo aspirante, liderado por Cacilda Gonçalves Velasco. Em 2005 Janice Rico Cabral retomou a representatividade com a ”I Jornada da Sociedade Brasileira de Psicomotricidade do Estado de São Paulo: Psicomotricidade, inclusão e Aprendizagem". Em 2012, tornou-se Capítulo, com Vânia Ramos na presidência. Para a gestão 2017- 2019 foi eleita como presidente Claudia Renata Pinto dos Santos.

A Associação Brasileira de Psicomotricidade – Capítulo São Paulo nasceu da necessidade de suprir a defasagem de eventos diretamente ligados à psicomotricidade em São Paulo e pela consciência da importância do aprimoramento profissional e pessoal, visando o benefício do ser humano. O objetivo é fortalecer vínculos entre psicomotricistas de São Paulo e de outros estados brasileiros, para a troca de conhecimentos científicos necessários ao futuro da Psicomotricidade no Brasil.

Com o intuito de embasar, nortear e alinhar as ações em prol da Psicomotricidade, a equipe gestora da Associação Brasileira de Psicomotricidade – Capítulo São Paulo (ABP/SP) elaborou o presente documento. Desta forma, pretende-se manter a transparência, criando uma rede de trocas, aprendizagem, fortalecimento e união dos psicomotricistas e interessados.

      

Conheça as Diretrizes do Capítulo SP

      

MEMBROS DO CORPO DIRETIVO DA ABP - CAPÍTULO SÃO PAULO (GESTÃO 2017-2019)

  

CLAUDIA RENATA PINTO DOS SANTOS

CLAUDIA RENATA PINTO DOS SANTOS
PRESIDENTE

Mestranda em Ciências com ênfase em Pediatria pela Faculdade de Medicina da USP/SP, Especialista em Ergonomia (UNISA/SP), Psicomotricidade (FMU/SP), Obesidade e Emagrecimento (UGF/SP), Fisiologia do Exercício – Prescrição de Exercício (UGF/SP). Graduação em Educação Física (FAEM/BA). Colaboradora da Biovinci – Clínica do movimento; Pesquisadora pelo Laboratório de Estudo do Movimento do Instituto de Ortopedia e do Ambulatório de Endocrinologia Pediátrica do Instituto da Criança do HC-FMUSP. Docente no curso de Pós graduação em Psicomotricidade na FMU.

  

BARBARA TRAVASSOS BARRETO

BARBARA TRAVASSOS BARRETO
VICE-PRESIDENTE

Especialista em Infância, Educação e Desenvolvimento Social (Instituto Singularidades/SP), Neurociência aplicada à Educação (UAM/SP) e Psicomotricidade (FMU/SP). Graduação em Educação Física (UNIÍTALO/SP). Professora na Educação Infantil e Anos Inicias do Ensino Fundamental do Colégio Franciscano Pio XII. Docente no curso de pós-graduação em Psicomotricidade na FMU.

  

MONIQUE MAYUMI KAMADA

MONIQUE MAYUMI KAMADA
SECRETÁRIA

Especialista em Neuropsicopedagia Clínica (IESC/SC), Educação Especial Inclusiva (IESC/SC), Psicomotricidade (FMU/SP). Formação em Coaching (SBC), Musicalização (ULM-CTJ-SP), PEI (CESP/SP), Deficiência Mental e Inclusão (APAE- SP), Sistema Montessori (SEDES SAPIENTIAE-SP/EEIC-SP). Graduação em Pedagogia (FAC/SP). Coordenadora de Equipe Multidisciplinar e Terapeuta no Espaço Movimento Interdisciplinar. Docente do curso de Pós graduação em Psicomotricidade da FMU.

  

CASSIA AKEMI YAMADA EGUTHI

CASSIA AKEMI YAMADA EGUTHI
TESOUREIRA

Especialista em Psicomotricidade pela Associação Vem Ser –Unicastelo/SP; Especialista em Gestão Estratégica do Terceiro Setor (FMU/SP) e em Psicopedagogia da Educação Especial (UMESP/ SP). Graduação em Pedagogia, com habilitações em Administração Escolar e Orientação Educacional pela UMESP/SP. Atual Presidente da Associação Vem Ser /SP - Associação de Apoio à Inclusão Social e Assistência ao Indivíduo com Necessidades Especiais.

COMISSÃO CIENTÍFICA

  

FÁTIMA A. GONÇALVES

FÁTIMA A. GONÇALVES

Doutoranda em Educação e Saúde na Infância e na Adolescência (UNIFESP/SP); Mestre em Ciências: Educação e Saúde pela Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humana da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP/SP); Graduação em Educadora Física (ESEF/SP), Especialista em Psicomotricidade (FMU/SP) e com formação em Distúrbios de Aprendizagem (Instituto Langage); autora dos livros “Do Andar ao Escrever, um caminho Psicomotor”; “Psicomotricidade & Educação Física –quem quer brincar põe o dedo aqui”; “Caderno de escrita infantil –progressão grafomotora para a aprendizagem da escrita”e “Matematizando – prática psicomotora na Educação Matemática”. Docente no curso de pós-graduação em Psicomotricidade na FMU.

  

JANICE RICO CABRAL

JANICE RICO CABRAL

Especialista em Terapia Cognitiva (CTC/SP).
Especialização em Psicomotricidade (ISPE-GAE-OINP).
Graduação em Psicologia (UNIP/SP).
Sócia fundadora da Associação Brasileira de Psicomotricidade Capítulo São Paulo (ABP/SP).
Coordenadora e docente do Curso de Pós-Graduação em Psicomotricidade na FMU.

      

      

MÁRCIA ANDRADE

MÁRCIA ANDRADE

Especialista em Saúde Mental da Infância e Adolescência- Santa Casa da Misericórdia/RJ; Especialista em Psicomotricidade Aucouturier;. Graduada em Educação Física- UFR; Pesquisadora de Campo da Metodologia IRDI-Indicadores de Risco do desenvolvimento Infantil IPUSP/FAPESP; Colaboradora do 'Programa de Bebês com risco no Desenvolvimento de Saúde mental"-CRIA/UNIFESP; Coordenadora do Projeto Eclipsi- Espaço clínico Interdisciplinar de Psicomotricidade e Saúde integrativa.

  

MÁRCIA TOLEDO

MÁRCIA TOLEDO

Doutora e Mestre em Ciências Médicas pela Universidade Estadual de Campinas; Especialização em Psicomotricidade – Organização Internacional de Psicomotricidade da OIP; Aprimoramento em Neurologia Infantil pela UNICAMP e Graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Docente da Universidade Paulista - UNIP (Limeira/SP); Membro do Laboratório de Pesquisa em dificuldades, distúrbios de aprendizagem e transtorno de atenção DISAPRE/UNICAMP; Prática clínica no Centro de Investigação da Atenção e Aprendizagem – CIAPRE (Campinas/SP).

  

SONIA RODRIGUES

SONIA RODRIGUES

Doutora e Mestre em Ciências Médicas pela Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da UNICAMP/SP (Área de Neurologia), Especialização em Psicopedagogia (PUC-Campinas) e em Psicomotricidade (ISPE-GAE-OINP), Graduação em Pedagogia pela UNICAMP. Supervisora dos Cursos de Psicologia e Psicopedagogia Aplicadas à Neurologia Infantil no Programa de Aprimoramento Profissional da FCM/UNICAMP. Pesquisadora do DISAPRE (Laboratório de Investigação em Distúrbio, Dificuldade de Aprendizagem e Transtorno da Atenção - FCM/UNICAMP) e do CIAPRE (Centro de Investigação da Aprendizagem). Secretária da ABENEPI-Nacional; Membro do Grupo de Pesquisa CNPq Neurodesenvolvimento, Aprendizagem e Escolaridade. Docente dos Cursos Neuropsicologia Aplicada à Neurologia Infantil (FCM/UNICAMP) e Neuroaprendizagem e Transtorno do Aprender (Instituto Saber).

  

NADIEJDA IVANOFF

NADIEJDA IVANOFF

      

Mestre em Psicologia da Educação (PUC/SP), Especialista em Psicomotricidade (ISPE-GAE-OINP), Graduação em Pedagogia PUC/SP. Professora em cursos de graduação e pós-graduação em Psicopedagogia e Psicomotricidade na FAI e FMU.

      

      

      

VÂNIA RAMOS

VÂNIA RAMOS

      

Doutora em Ciências Sociais e Mestre em Gerontologia (PUC/SP). Coordenadora geral da pós-graduação e do curso de Psicomotricidade do UNIFAI.